Descubra como bloquear celular roubado

Se você já teve seu celular roubado, já se deparou com a dúvida de como bloquear o aparelho e manter seus dados em segurança. 

O bloqueio do celular roubado é essencial para prevenir que seus dados e número sejam usados para golpes ou outras ações ilícitas, além de acesso a informações bancárias e de aplicativos.

Por isso, fizemos um tutorial simples para você saber como bloquear um celular roubado. Veja  logo abaixo! 

Como bloquear um celular roubado?

É possível fazer o bloqueio do celular roubado pelo IMEI/operadora e pelo sistema operacional do celular. 

O mais importante, antes de tudo, é registrar um Boletim de Ocorrência (BO). 

Com o  boletim será mais fácil comprovar sua inocência caso seu celular seja usado para fraudes ou golpes. Além disso, somente com ele será possível fazer o bloqueio usando o código IMEI.

Em alguns estados, esse BO pode ser feito de forma online, no site da Polícia Militar. Em outros, é necessário o comparecimento na delegacia.

Após o registro do Boletim de Ocorrência, confira o passo a passo de como bloquear o celular roubado. 

Como bloquear o celular roubado pelo IMEI?

Em primeiro lugar, vamos explicar o que é o código IMEI. 

O código International Mobile Equipment Identity, conhecido como IMEI é o número de identificação próprio de cada equipamento de celular, ou seja, cada aparelho tem o seu número específico.

É muito importante que você tenha anotado e guardado esse número, pois é por meio dele que realizará o bloqueio na operadora.

Para saber qual o código IMEI do seu aparelho, siga os passos:

  1. No seu aparelho, digite *#06# no telefone, como se fosse fazer uma ligação;
  2. Aparecerá para você uma sequência de 15 números. Esse número é o IMEI do seu aparelho.

O IMEI também pode ser encontrado na embalagem do seu aparelho celular, próximo ao código de barras.

Encontrou o IMEI? Anote e deixe guardado em um local seguro e fácil de lembrar.

Números das principais operadoras para bloquear celular roubado

Confira abaixo os números das operadoras para você entrar em contato e bloquear o telefone roubado:

Operadora Central de Atendimento
Operadora Vivo ☎️ 1058
Operadora TIM ☎️ 1056
Operadora Oi ☎️ 1057
Operadora Claro ☎️ 1052

E se o seu aparelho for Dual Chip, não precisa se preocupar em ligar para duas operadoras. 

Ligue em um dos números acima e, com o boletim de ocorrência em mãos e o código IMEI, informe para o atendente o que aconteceu e os dados e solicite o bloqueio. 

Vale lembrar que é possível desbloquear o telefone caso você o recupere. Para isso, é só entrar em contato com a operadora e informar o código IMEI.

Como bloquear celular roubado Android/IOS

Cada sistema operacional, sendo ele Android ou IOS, pode ser usado para bloquear o celular que foi roubado. 

Esse bloqueio é feito por um software que permite o acesso remoto às configurações do equipamento.

Bloquear telefone usando o Android

No caso do Android, a funcionalidade usada é o antigo Android Device, conhecido agora como “Localizar meu dispositivo”, do Google.

Para ativar a função:

  1. Faça um login com seus dados de usuário e senha da conta cadastrada no aparelho;
  2. Clique no ícone de configuração de bloqueio e limpeza;
  3. Para saber a localização do seu telefone, é preciso que a função de GPS esteja ativada.

Com ele é possível, além de bloquear, rastrear o telefone independentemente da marca, podendo ser rastreado e bloqueado aparelhos Samsung, Motorola e Asus, por exemplo.

Bloquear telefone IOS

Por meio do portal Apple iCloud é possível fazer o bloqueio do telefone com o sistema operacional IOS.

Para isso, siga o passo a passo:

  1. Clique em “todos os dispositivos”;
  2. Selecione o dispositivo que você deseja apagar;
  3. Clique em “apagar” na janela de informações do dispositivo.

Para ver onde seu telefone está, clique em “buscar meu iPhone”. Um ponto verde irá indicar no mapa onde seu aparelho está localizado.
</amp-ifram

Como bloquear celular roubado pela CBLOC

Para moradores do estado de Minas Gerais, ainda é possível bloquear o telefone usando o CBLOC (Central de Bloqueio de Celulares).

Essa é uma plataforma simples, rápida e segura para solicitar o bloqueio de um aparelho roubado.

Para utilizar o serviço:

    1. Acesse o site do serviço;
    2. Clique em “bloquear”;
    3. Escolha bloquear por meio do número do telefone ou usando o código IMEI;
    4. Anexe o boletim de ocorrência;
    5. Informe seus dados;
    6. Clique em “enviar formulário”.

E se houver gastos antes de eu bloquear meu celular?

Uma situação que pode acontecer com celulares roubados é eles serem utilizados antes que você consiga realizar o bloqueio. 

Por isso, é sempre importante ter em mãos o Boletim de Ocorrência comprovando que seu aparelho foi roubado.

Com isso, você pode entrar em contato com a operadora e contestar os valores cobrados indevidamente em sua conta, evitando assim que você pague um valor a mais no mês.

Abaixo, seguem números das principais operadoras.

Canal Número de telefone
Atendimento Vivo ☎️ 1058
Atendimento TIM ☎️ 1056
Atendimento Oi ☎️ 1057
Atendimento Claro ☎️ 1052

Dicas para proteger seu novo aparelho

Com o índice de roubos cada vez mais alto no Brasil, algumas dicas para proteger os dados presentes em aparelhos telefônicos são sempre bem-vindas, não é mesmo?

Por isso, separamos abaixo algumas delas para que você se sinta mais seguro com relação ao seu celular:

1. Autenticação de dois fatores

Ative a proteção por dois fatores nos apps como Gmail, Instagram e WhatsApp atualizado

Para isso, vá nas configurações de cada aplicativo e aperte o botão para ligar a opção de dois fatores inserindo uma senha.

2. Consultar situação Anatel e Celular Legal

Consulte a situação do IMEI na Anatel caso recupere seu aparelho ou adquira um aparelho usado, assim você saberá ao certo se há alguma irregularidade. 

Para isso, acesse o site Celular Legal e clique em “verificar situação”.
</amp-ifram

3. Mudar as senhas dos aplicativos instalados

Quando você pegar um novo aparelho e instalar os aplicativos novamente, lembre-se de trocar as senhas, principalmente das ferramentas  de troca de mensagens e de bancos.

4. Desconectar contas dos aplicativos instalados

Para aumentar a segurança, considere desconectar suas contas, como e-mail, dos aparelhos conectados anteriormente. 

Assim, você terá a certeza de que seus dados estão somente onde você quer.

5. Formatar o telefone

E, caso se sinta mais seguro, formate o celular remotamente para apagar os arquivos. Começar tudo do zero pode trazer uma proteção extra.

No mais, para se proteger de roubos e furtos, tente evitar o uso do aparelho nas ruas e em locais onde você pode estar mais vulnerável.

Compartilhe essas informações com outras pessoas que possam achar útil! Faça também um teste de velocidade gratuito para verificar como anda o desempenho da sua internet!

Posts Relacionados