Minha Conexão

Ethical Hacking: Descubra o que é, mercado de trabalho e como se tornar um no Brasil!

O que significa Ethical Hacking?

A palavra ‘hackear’ vem do inglês ‘hack’ e é usada para descrever a ação de invadir um dispositivo ou conta eletrônica e roubar ou fraudar informações, sendo considerada uma atividade ilegal, classificada como crime cibernético.

Entretanto, o ‘ethical hacking’, traduzido como ‘hacking ético’ é a ação de operar como hacker de forma legalmente aceita, com a contratação de um profissional de segurança da informação para testar sistemas eletrônicos.

Para que serve o Ethical Hacking?

Essa prática é usada por grandes empresas e corporações, para testar seus próprios sistemas de segurança e informação.

Assim, contratando um ‘hacker ético’, o profissional fará todos os testes procurando por brechas ou falhas no sistema, tentando conseguir acesso aos dados privados.

Ao final do processo, é possível ter uma análise detalhada do funcionamento do sistema e reparar quaisquer erros que houverem, se prevenindo assim, de um real ataque hacker mal intencionado.

Precisando trocar de internet? Compare planos banda larga abaixo!

Qual o objetivo de um Ethical Hacker?

Um ‘ethical hacker’ precisa testar o máximo possível um sistema de segurança de informações.

Sendo assim, é necessário simular um ataque ao programa, para confirmar seu funcionamento e proteção.

Como estamos falando de um hacking ético, isso significa que o profissional de segurança da informação precisa ter sido contratado pela empresa para executar todos os testes e simulações de ataques, ou seja, é preciso ter a permissão expressa para isso.

A partir dos erros que o hacker encontra, a empresa pode decidir como vai reforçar a segurança dos seus dados, seja por troca de plataformas, criptografia ou outras ações.

O hacking é ilegal?

Ohacking é considerado ilegal pelo Código Penal Brasileiro, segundo a lei 12.737 de 2012, denominada “Lei de Crimes Informáticos” ou “Lei Carolina Dieckman”.

Segundo esta lei, artigo 154-A,é proibido invadir dispositivos informáticos alheios, violando o sistema de segurança, para obter, adulterar ou mesmo destruir dados ou informações, sem que haja a autorização expressa do titular.

Incluindo umadetenção de 3 meses a 1 ano, além de multa. Entretanto,**o hacking ético é totalmente legal,**pois é autorizado pela empresa ou titular, como uma forma de teste e proteção de dados.

Confira aqui a qualidade da sua conexão de internet!

Ethical Hacking
comparar

Enfrentando problemas na sua conexão?

Faça o teste de velocidade e verifique se o problema está na sua internet!

TESTE SUA CONEXÃO

Como é o mercado de trabalho para o Ethical Hacker?

É cada vez mais necessário garantir a segurança da informação corporativa.

Ao longo dos anos, a tecnologia vem se desenvolvendo de forma que fica cada vez mais fácil e rápido quebrar sistemas de segurança eletrônica. Grandes empresas sofrem tentativas de ataque cibernético praticamente todos os dias.

Por isso, o mercado para o chamado ‘hacker do bem’ está em alta, crescendo em todo o mundo, com uma alta demanda de diversos países diferentes.

No Brasil, esse tipo de profissional atua constantemente como freelancer e com uma alta procura.

Como se tornar um Ethical Hacker?

Existem cursos online com certificado que preparam para o dia a dia do hacking ético, porém é necessário ter uma base de conhecimento em programação, sistemas operacionais, redes e segurança da informação.

Dentro das disciplinas ofertadas nos cursos estão algumas como:

  • Testes de invasão;
  • Identificação de sistemas;
  • Mapeamento de vulnerabilidades.

Conteúdo atualizado em

Minha Conexão

Por Minha Conexão

Carregando...