Windows 11: saiba tudo sobre a atualização!

A Microsoft acaba de lançar uma nova versão do seu sistema operacional. O Windows 11 chega para os usuários nas versões Home, de uso doméstico, e Pro, ideal para empresas.

O download já está disponível e a plataforma está repleta de novas funcionalidades.  Elas promovem  uma experiência otimizada e muitos recursos integrados, atraindo a curiosidade de muitos. 

Neste artigo, vamos abordar como baixar o Windows 11, suas novidades, se é gratuito ou não, requisitos e muito mais. Continue a leitura e fique por dentro!

Quando é o lançamento do Windows 11?

O Windows 11 foi anunciado em 24 de julho de 2021. E seu lançamento oficial ocorreu em 5 de outubro de 2021.

Desde então, já é possível baixar a atualização!

Como baixar o Windows 11 grátis?

Quem já é usuário do Windows 10 pode baixar o Windows 11 gratuitamente. 

A forma mais simples de atualizar o seu sistema é como explicamos a seguir:

  1. Ligue seu computador.
  2. No menu “Iniciar” do Windows, selecione “Configurações”.
  3. Na sequência, clique em “Atualização e segurança”.
  4. Clique no botão “verificar se há atualizações”.
  5. Selecione “Baixar e instalar”.

Caso tenha dificuldades no processo, a Microsoft disponibiliza um assistente de instalação. 

Após baixar o arquivo da conta de administrador do computador, siga as instruções:

  1. Encontre o arquivo nos seus downloads e selecione “Executar”.
  2. A ferramenta fará a verificação se o seu computador é compatível para atualização.
  3. Leia os termos da licença e clique em “Aceitar e Instalar”.
  4. Após a execução, clique em “Reiniciar Agora”.
  5. O computador será reiniciado algumas vezes até concluir a atualização, não o desligue durante esse processo.

A atualização permanecerá gratuita por pelo menos um ano.

Após esse período, a Microsoft pode decidir de estende a gratuidade ou se será cobrado um valor para a nova versão.

A empresa ainda não publicou nenhuma decisão sobre essa questão.

</amp-ifram

Quais os requisitos necessários para fazer a atualização?

São necessários alguns atributos no dispositivo para a instalação do novo software.

São requisitos para que o Windows 11 funcione corretamente no seu computador, promovendo melhor experiência para o usuário. 

Confira quais são:

  • Licença: ter uma licença válida do Windows 10 ou adquirir uma nova.
  • Armazenamento: deve ser de pelo menos 64GB.
  • Processador: deve ser de 64 bits a 1 GHz, ou superior, Intel oito gerações ou mais atual, AMD Ryzen 3 ou superior e pelo menos o Qualcomm Snapdragon 7c.
  • RAM: 4 GB ou superior.
  • Firmware do sistema: UEFI, capacidade de inicialização segura.
  • Tela: alta definição (720p) com mais de 9 polegadas na diagonal, 8 bits por canal de cor.
  • TPM: versão 2.0 do Trusted Platform Module (TPM).
  • Placa de vídeo:  Driver WDDM 2.0 ou mais recente, que seja compatível com Direct X12 ou posterior.
  • Conexão com a internet: para qualquer atualização do Windows é necessária uma boa velocidade de internet, uma vez que é necessário baixar a nova versão.

Se a conexão for ruim, o download pode ser interrompido várias vezes e você precisará iniciar novamente o processo até ele ser concluído.

Se você não sabe a velocidade da sua internet, faça nosso teste de velocidade.

Em alguns segundos você descobre o desempenho e faz um comparativo com a velocidade média da sua região!

Requisitos para recursos

A Microsoft também liberou uma lista de requisitos mínimos para a utilização de recursos. Dentre eles estão:

  • Monitor HDR.
  • Dispositivo com câmera, microfone e alto-falante.
  • Tela com 1920 pixels efetivos ou superior.
  • Modem compatível com 5G.
  • Placa de vídeo compatível com WDDM.

No caso de quem irá comprar um novo computador já com Windows 11, essas e outras características já são levadas em consideração.

Mas, quem comprar um dispositivo com a versão 10 para fazer a atualização posteriormente deve ficar atento às especificações dos fabricantes.

A lista completa de atributos necessários para usar os recursos você confere o site da Microsoft

O que há de novo no Windows 11?

O Windows 11 traz algumas novidades bem interessantes para o usuário:

  • Melhor desempenho para games: o sistema melhorou os recursos para que a experiência em jogos seja completa. Agora, temos uma integração com Xbox Cloud Gaming, HDR automático e suporte para o Xbox Game Pass.
  • Novo design: o layout do Windows 11 é muito mais clean e moderno. A barra de ferramentas, assim como o botão “Inciar”, agora ficam centralizados.
  • Integração com Microsoft Teams: o Skype deixa de ser a ferramenta “oficial” do sistema para videochamadas e o Teams ganha protagonismo. Integrado à barra de tarefas, é possível também mandar mensagens pela plataforma.
  • Gerenciamento de janelas: a organização das janelas agora é inteligente, mostrando na mesma tela vários aplicativos e navegadores ao mesmo tempo.
  • Mais Widgets: é possível personalizar e os widgets que quiser, seja clima, notícias ou o que mais preferir.
  • Segurança: maior segurança da informação para o usuário, principalmente na versão Pro, há, inclusive, autenticação de dois fatores.
  • Velocidade: o sistema está mais rápido, incluindo os navegadores. Os testes mostram que está 10% mais veloz.
  • Loja Microsoft com aplicativos Android: os aplicativos Android passam a funcionar no Windows de maneira nativa, rodando a partir de uma tecnologia da Intel. 

Preciso trocar o Windows 10 pelo 11?

Se você não quiser fazer a atualização para o Windows 11, fique tranquilo. Não há obrigatoriedade em fazer o upgrade.

 O Windows 10 permanecerá funcionando normalmente.

A previsão é que a Microsoft permaneça com o suporte da versão 10 até outubro de 2025.

Portanto, até essa data, o usuário continuará aproveitando melhorias, correções e novas funções no sistema. 

A única questão é que os updates realizados na versão do Windows 10 serão mais modestos, uma vez que a desenvolvedora deve focar em aprimoramento para o Windows 11.

</amp-ifram

Não gostei do Windows 11, posso voltar para o 10?

A Microsoft oferece aos usuários um período de teste da atualização.

Por isso, quem baixou o Windows 11 e não curtiu a nova versão tem dez dias para retornar para o Windows 10, mantendo todos os dados e arquivos no dispositivo atualizado.

Após esse período, para voltar à versão antiga, é necessário formatar o computador e realizar uma instalação limpa, completamente do zero.

É possível que a Microsoft ofereça uma reversão da atualização de maneira mais simples, como já fez em outros lançamentos. Mas, é necessário aguardar para verificar a disponibilidade. 

Vale a pena atualizar o Windows?

Sempre vale a pena ter a versão mais atualizada do sistema.

Isso porque são feitas melhorias para que o funcionamento do software seja mais eficaz e eficiente. 

Confira as principais vantagens e desvantagens do Windows 11: 

Vantagens

  • Muito mais segurança.
  • Layout mais clean.
  • Navegação mais rápida.
  • Rodar aplicativos Android de maneira nativa.

Desvantagens

  • Em computadores comprados antes de 2018 é muito provável que a versão não funcione corretamente.
  • É preciso se acostumar às novas funções e comandos.

Agora que você sabe tudo sobre o Windows 11, você fará a atualização? Conte pra gente nos comentários!

E lembre-se de fazer o teste de velocidade do Minha Conexão para verificar como anda a sua internet para aproveitar o novo software!

Posts Relacionados