ZenFone 5 Lite, lançamento adiantado

O ano de 2018 mal começou e os fabricantes de smartphones já estão se movimentando para novos lançamentos. É isso o que está prometendo a Asus, com o lançamento do ZenFone 5 Lite, um smartphone de nova geração.

O ZenFone 5 Lite será, segundo a Asus, o primeiro smartphone da nova linha, considerado ainda um intermediário. O novo aparelho ganhou certificação na Rússia, de onde surgiram detalhes na internet, como, entre outros, a inclusão de um display de 6 polegadas e o chipset da Qualcomm.

Em 2017, a série ZenFone 4 foi lançada com bastante atraso, aparecendo no mercado apenas no mês de agosto. Desta vez, a Asus promete adiantar e encurtar o período entre o lançamento das duas gerações.

Com essa estratégia, a empresa pretende oferecer mais tempo de mercado para os modelos lançados anteriormente, ao mesmo tempo em que oferece um novo aparelho, com novas possibilidades para os usuários, podendo competir com maior tranquilidade com seus concorrentes em 2018.

Segundo as informações, que ainda são poucas, o novo aparelho deve chegar equipado com o novo Snapdragon 670, embora as especificações técnicas ainda não tenham sido confirmadas. A ideia de que seja um display de 6 polegadas foi obtida através do número 60 impresso na embalagem, que sugere ser uma tela desse tamanho.

A Asus demorou mais de 12 meses entre as inovações apresentadas da família ZenFone 3 para a família ZenFone 4 e pretende, a partir de agora, mudar o cronograma de seu novo lançamento. A ideia, por enquanto, é que o lançamento seja feito em março, conforme informações de Jerry Shen, CEO da Asustek.

Essa mudança de planos, com a antecipação do lançamento, de acordo com publicações voltadas para smartphones, é decorrente do fato de a divisão de aparelhos celulares da empresa de Taiwan ter apresentado resultados abaixo dos esperados nos últimos trimestres.

A empresa espera reverter os números e recuperar os prejuízos ainda este ano. O próprio Shen está em viagem pela Europa, promovendo a linha da geração anterior, o ZenFone 4, e fechando parcerias com operadoras de telefonia, além de outros negócios importantes para a Asus.

Pelo menos um bom resultado já foi constatado: o número de vendas do ZenFone 3 vem melhorando em alguns países da União Europeia, como a França, Itália e Espanha, além da própria Rússia, onde o novo aparelho foi certificado.

No Brasil, a empresa pretende alavancar as vendas através de acordos e parcerias com algumas operadoras nacionais.

O CEO da Asus também pretende incrementar a venda do setor mobile da HTC, criando trabalhos junto à equipe que desenvolveu o Pixel para o Google. De acordo com Chen, essa nova parceria não iria afetar a já formada com o Google, já que as empresas colaboram no desenvolvimento de smartphones intermediários.

O que nos interessa, ao final das contas, é garantir maior velocidade para obter os dados da internet. Seja através de smartphones ou de notebooks e outros equipamentos, é preciso garantir a velocidade para estar à frente nas informações. Se você não analisa o fluxo de informações da internet, não se esqueça: é sua prerrogativa.

Posts Relacionados