Cabo da Sercomtel se rompe e prejudica conexão de Milhares de Usuários

Na última semana, uma falha no serviço de backbone provocou a suspensão de fornecimento dados na região de Londrina, prejudicando a comunicação da maior parte dos clientes da empresa.

O backbone é, basicamente, a espinha dorsal da internet, a rede principal de dados que possibilita o acesso à rede mundial de provedores. Através do backbone é que podemos acessar a internet de outras cidades do Brasil e do exterior.

 Rompimento de cabo e outros problemas

O problema ocorrido na última semana foi decorrente do rompimento de um cabo de fibra ótica do fornecedor de dados da região metropolitana de São Paulo.

O acidente afetou diretamente toda a base de clientes da Sercomtel, que conta atualmente com cerca de 110 mil usuários de banda larga, provocando dificuldades técnicas em toda a região de Londrina.

A suspensão da comunicação chegou à madrugada da quarta-feira, dia 6, gerando congestionamento no serviço de suporte por telefone da empresa, o help desk.

Mesmo com o serviço teoricamente normalizado no dia seguinte, a empresa de telecomunicações avisou que a lentidão ainda continuaria por mais tempo, fato que se consumou, uma vez que as reclamações dos usuários continuaram.

Nas redes sociais, a ausência dos serviços provocou uma onda de protestos nas redes sociais, havendo até mesmo reclamações por parte dos usuários de que o serviço de help desk havia sido tirado do ar, embora a assessoria de imprensa da Sercomtel tenha negado, dizendo que, mesmo com o congestionamento, usuários que insistiram conseguiram ser atendidos.

Embora o rompimento do cabo tenha sido consequência de fatos alheios à empresa, os usuários e clientes da Sercomtel, nos últimos tempos, vêm reclamando sobre as constantes falhas ocorridas na rede, principalmente na capital do Paraná, onde cabos são constantemente rompidos e onde as falhas são mais frequentes.

Como se trata de uma empresa pública, sempre se levanta a velha questão: os serviços públicos não podem ser tão bons quanto os prestados pelas empresas privadas?

A privatização das telecomunicações, mesmo com tantas reclamações, vem colocando o Brasil entre os primeiros países do mundo em matéria de velocidade de comunicação de dados.

Os usuários afirmam que seria melhor ter uma empresa privada na região atendida pelo Paraná, para sentirem mais credibilidade e confiança no serviço que hoje é vital para pessoas físicas e jurídicas.

O que é a Sercomtel

A Sercomtel é a principal empresa de telecomunicações do norte do Paraná. Sua sede é em Londrina, de onde opera a telefonia fixa e celular, GSM e 3G, além de oferecer os serviços de longa distância e banda larga, internet rápida e de alta velocidade. No Brasil, é hoje a única operadora pública.

A empresa tem sua região de atuação nas cidades do Norte, do Noroeste e do Sul do Estado do Paraná, tanto como concessionária quanto em telefonia fixa, na condição de autorizada.

Na região de Maringá e na região metropolitana de Curitiba, a Sercomtel oferece os serviços de telecomunicação em parceira com a Copel – Companhia Paranaense de Energia.

A Sercomtel já foi avaliada como uma das melhores operadoras de serviços de telefonia fixa e telefonia móvel pré-paga, embora, nos últimos tempos os usuários venham reclamando com relação à qualidade de sua prestação de serviços.

Não deixe de testar a velocidade da sua internet para saber se ela não foi afetada.

Posts Relacionados