Internet em aviões: mais veloz do que em terra

Quando estamos em terra, sempre reclamamos da velocidade da internet, seja no celular ou em computadores de mesa. No entanto, passageiros que viajam de avião que oferecem Wi-Fi conseguem uma conexão até vinte vezes mais rápida do que as que usamos em terra.

Essa velocidade é decorrente da terceira geração de modem desenvolvida pela Panasonic, que é instalada dentro da aeronave e que oferece o acesso à rede mundial de computadores.

Essa nova geração de conexão dentro dos aviões permite ao passageiro assistir vídeos através de streaming inclusive nas plataformas mais conhecidas, como YouTube e Netflix.

Segundo a Panasonic, o próximo passo é possibilitar que os passageiros também possam utilizar o Skype para manter conversas pessoais e de negócios enquanto viaja, inclusive com vídeo.

Essa possibilidade, de liberar conversas pelo Skype, no entanto, está dividindo opiniões e os argumentos são válidos para os dois lados. Enquanto uma parte dos viajantes considera que a viagem poderia se tornar uma tortura, com gente falando alto em todos os lados, os que pensam o contrário consideram que essa seria uma facilidade para quem precisa resolver assuntos de emergência.

Em razão dessa controvérsia, os serviços oferecidos a bordo de internet não permitem chamadas de voz ou de vídeo. Contudo, algumas companhias aéreas estão experimentando outras modalidades, como liberando aplicativos de chat (Messenger, Telegram e WhatsApp).

Como funciona a internet a bordo de aviões

Atualmente, uma aeronave consegue velocidade de internet de 12 Mb/s quando se encontra em velocidade de cruzeiro. Essa conexão é compartilhada entre todos os dispositivos que permitem conexão através do Wi-Fi, oferecendo, dessa forma, a navegação um pouco mais veloz do que a que temos no Brasil, quando em terra.

A nova tecnologia implantada pela Panasonic vai alcançar a velocidade de 120 Mb/s, ou seja, dez vezes superior. Como existem dois receptores em cada avião, a banda total chega a 240 Mb/s em cada aeronave, uma velocidade que já é oferecida por algumas empresas de banda larga no Brasil, embora com preços muito elevados.

Nas aeronaves, o sinal de internet chega através de satélite, da mesma maneira como chegam as imagens de TV ao vivo, que também devem passar por uma melhoria em virtude do avanço da tecnologia de conectividade quando em voo.

Atualmente existem mais de mil aeronaves que se utilizam da tecnologia de conexão a bordo desenvolvida pela Panasonic, havendo a expectativa que de as empresas de aviação civil comecem a fazer a atualização dos modens nos próximos meses.

A Panasonic destaca que vende a tecnologia apenas para companhias aéreas e cada empresa deve decidir, com base nos seus próprios objetivos, que tipos de recursos devem ser liberados no Wi-Fi depois da decolagem, bem como sobre os valores cobrados pelo serviço prestado aos passageiros.

A velocidade de sua internet não está igual à dos aviões? Analise seu contrato e sempre verifique a velocidade com que está recebendo as informações. Se a empresa fornecedora não estiver cumprindo com sua parte, reclame: é seu direito.

Posts Relacionados