Entenda como funciona a internet a cabo!

Você provavelmente já escutou nos comerciais sobre internet a cabo ou até faz uso dessa tecnologia. Mas, afinal, como ela funciona? Ela garante uma boa velocidade de internet? Neste artigo vamos te dar todas as informações e ainda falar sobre as alternativas no mercado! Boa leitura!

Como funciona a internet a cabo?

A internet a cabo funciona a partir de um cabo coaxial, ou cabo trançado. Por meio dele, as operadoras são capazes de transferir dados, conectando os cabos posicionados aos postes até a sua casa. 

Esse é o mesmo cabo que as empresas utilizam para que a TV por assinatura chegue até a sua casa. Por isso também é chamado de TV a cabo. 

Trata-se de uma das tecnologias mais populares no Brasil e ela permite que os usuários tenham internet banda larga em suas residências com boa velocidade e com preços razoáveis. 

O que é mais rápido: wi-fi ou internet a cabo?

Tecnicamente, o Wi-fi não é utilizado para levar a internet até a sua residência. Ele apenas transmite e permite que mais aparelhos se conectem a uma mesma rede. Ou seja, você precisa que a internet chegue até a sua casa por meio de alguma tecnologia para depois ela ser transmitida via wi-fi. 

Mas, se sua dúvida é se um aparelho conectado à internet a cabo terá conexão mais rápida que por wi-fi, saiba que essa é uma realidade.

O wi-fi tem mais interferências e obstáculos devido a distância do modem até o computador ou outro aparelho. Ao conectar seu PC (e até uma Smart TV) diretamente no cabo, a velocidade é maior. 

Qual a diferença entre internet a cabo e 4G?

A tecnologia 4G é utilizada, principalmente, para conexão móvel. É o caso, por exemplo, do celular, tablet ou modem portátil. Eles utilizam um chip para recepção do sinal da internet. 

Nesse tipo de tecnologia, o usuário não paga por velocidade, mas sim por franquia de dados. Ou seja, tem uma quantidade específica de dados para utilizar por determinado período. 

Sua velocidade é inferior a da internet a cabo e também mais instável. Algumas operadoras oferecem 4G como opção de banda larga, mas os valores acabam pesando no bolso para ter uma boa velocidade, compensando mais o investimento na tecnologia a cabo. 

Outras tecnologias de internet no mercado

Embora esteja entre as mais populares, a internet a cabo não é a única opção para quem busca uma conexão com a rede mundial de computadores. A seguir, você vai conhecer um pouco mais sobre outras tecnologias disponíveis!

Fibra óptica

Muito parecida com a internet a cabo, a fibra óptica se difere pelo material dos fios que levam a internet até você.

No caso da internet a cabo, o cabo coaxial é feito de cobre ou de outros metais condutores. Esses cabos são trançados e podem sofrer rupturas no material ou interferências externas, o que pode impactar na velocidade.

Já na fibra óptica, o cabo é feito a partir de micro espelhos que transmitem o sinal por meio da luz. Isso faz com que não haja interferências externas. Sua velocidade é maior e também há mais estabilidade, permitindo que o sinal seja interrompido com menos frequência. 

Essas características fazem com que essa seja a melhor tecnologia até o momento, mas ainda está em processo de implantação e apenas os grandes centros brasileiros têm acesso a ela.

ADSL

A Linha Digital Assimétrica para Assinante (ou em inglês: Asymetric Digital Subscriber Line) é comumente chamada de ADSL. Sua maior característica é que ela tem mais velocidade de download do que de upload, por isso é assimétrica.

Isso significa que ela proporciona melhor performance para baixar arquivos, jogos on-line ou assistir vídeos, mas a transmissão de dados para subir é mais lenta.

Embora ela use a linha telefônica para transmissão de dados, a ADSL é diferente da conexão discada, que fazia uma ligação dial up, com baixa velocidade e deixava a linha ocupada. 

Satélite

A internet via satélite é uma opção para quem vive em regiões afastadas, onde tecnologias a cabo não chegam. O sinal é transmitido por satélite, sem cabos, e, por isso, sua cobertura é maior. 

Para captar o sinal, utiliza-se uma antena (parecida com a parabólica). A desvantagem é que ela não alcança altas velocidades e o valor de compra dos equipamentos necessários costumam ser elevados.

Rádio

Assim como no caso da internet por satélite, a internet via rádio não precisa de cabos para funcionar. Ela acontece por radiofrequência, no ar, por meio de antenas que são estrategicamente posicionadas em locais altos. Essas antenas são conectadas a torres de transmissão e, assim, a internet chega até você.  

Essa é uma alternativa muito comum para quem procura por internet rural ou vive em localidades onde não há outras tecnologias de conexão. No entanto, a velocidade não costuma ser alta e as interferências climáticas ou por obstáculos são muito comuns, bloqueando o sinal.

Operadoras que oferecem internet a cabo

De modo geral, as grandes operadoras do Brasil oferecem internet a cabo. Algumas estão potencializando a oferta de fibra óptica, mas continuam com os pacotes de banda larga a cabo. Isso permite que mais usuários tenham acesso à tecnologia e a prática de preços mais competitivos e que cabem no orçamento mensal.

Confira algumas empresas que oferecem o serviço:

O MinhaConexão reúne em seu comparador de preços os principais pacotes de internet banda larga. Assim fica mais fácil ver o custo-benefício e escolher o que atende melhor às suas necessidades. 

Vale a pena ter internet a cabo?

Atualmente, a melhor tecnologia disponível é a de fibra ótica, com maior velocidade e estabilidade. No entanto, por ser recente no mercado brasileiro, as operadoras ainda a estão implantando e sua cobertura não é tão ampla.

Por isso, a internet a cabo é, hoje, a opção de internet banda larga que melhor atende as necessidades do usuário.  Ela está presente na maior parte das regiões do país e garante ótima velocidade.

Para ver quais são as operadoras mais rápidas do Brasil, confira o ranking do MinhaConexão!

 

Posts Relacionados

Regras na internet para as eleições de 2018

Autor: minhaconexao | 22 de maio de 2019
Nesta segunda-feira o Tribunal Superior Eleitoral deve realizar uma sessão extraordinária para definir as regras na internet que servirão para a campanha eleitoral de 2018.…