Dicas para proteger seus dados pessoais na internet

Estamos mais conectados ao mundo digital do que imaginamos, principalmente em decorrência da dependência cada vez maior das redes sociais. Além do Facebook, Twitter, Instagram e outras, o WhatsApp é um dos aplicativos de comunicação mais utilizados atualmente.

Com nossa presença nas redes sociais, estamos constantemente expostos, colocando nossa imagem pessoal e profissional à disposição das pessoas que também acessam as redes sociais, deixando pegadas digitais em todas as consultas através do buscador.

Para evitar a constante exposição de nossos dados e informações pessoais, protegendo nossa imagem, é necessário adotar algumas providências que, se não evitam totalmente os danos que podem ser causados por um hacker, pelo menos minimizam os problemas que podemos enfrentar.

Veja as dicas para se proteger na internet:

 

  1. Para reduzir os riscos de acesso indevido e para garantir maior proteção nas redes sociais, é necessário fazer o seguinte: procure a opção “Configurações” de sua rede social (normalmente, o caminho é o mesmo para quase todas), adequando o seu perfil de usuário, limitando o acesso às informações pessoais. Além disso, é importante lembrar que é preciso também tomar cuidado com exposição em demasia, principalmente com relação a fotos de familiares e de crianças.
  2. O segundo cuidado a ser tomado é com relação às senhas. A maior parte das pessoas escolhem senhas consideradas fracas. Por isso, é importante dedicar um tempo para rever todas as senhas, evitando aquelas mais frágeis, como, por exemplo, datas de aniversários, nome de times e sequências numéricas. A senha deve ser bem elaborada, reunindo números, letras e símbolos.
  3. Atualmente é bastante comum suar redes Wi-Fi públicas, presentes em centros comerciais, bares, lanchonetes e outros locais. Na maior parte das vezes, pode-se conectar facilmente, permitindo a navegação sem gastar o pacote de dados. A conexão às redes públicas não garante uma navegação segura, devendo o usuário prestar atenção e manter um programa de segurança instalado em seu dispositivo. O firewall deve estar ativo e o usuário deve evitar acessar o site do seu banco em redes públicas. Quando acessar redes domésticas, é bem possível que o computador ou o dispositivo estejam protegidos por um firewall e senha da rede específica para o usuário.
  4. Quando acessar o site do seu banco, verifique se está visível o cadeado verde na barra de endereços, para garantir maior segurança. Ao clicar no cadeado verde, você será direcionado ao Centro de Controle, onde terá acesso a informações detalhadas sobre como está o estado de segurança de sua conexão, permitindo alterar algumas configurações de privacidade e de segurança.
  5. Finalmente, em qualquer conexão é necessário se manter totalmente precavido, ou seja, o usuário não deve clicar em todos os links e, em hipótese alguma deixar gravado seu login e senha no dispositivo, trocando a senha com frequência.

Em sua conexão, procure também sempre saber se seu provedor de internet está obedecendo as regras contratuais, enviando os dados com a velocidade contratada. Se notar diferença acima de 20% do que está estabelecido no contrato, faça sua reclamação.

Posts Relacionados

Como manter a segurança de suas senhas na internet

Autor: minhaconexao | 12 de março de 2018
A segurança é um dos principais problemas apresentados na internet nos últimos anos. Hackers procuram a todo momento acessar dados, roubar informações e utiliza-las para…

Garantindo maior privacidade na internet

Autor: minhaconexao | 19 de fevereiro de 2018
Uma das maiores preocupações de qualquer usuário é a segurança de seus dados na internet. A ISOC – Internet Society, que é uma organização sem…