O teste de velocidade é uma ferramenta que deveria ser utilizada por todo mundo que acessa a internet, seja para jogar, assistir a filmes e séries ou para navegar nas redes sociais. Com ele, é possível saber se a conexão realmente está de acordo com o que foi contratado.

Porém, é bem grande o número de pessoas que até faz um teste de velocidade, também chamado de speed test, mas que não conseguem entender os resultados medidos. Consequentemente, não dá para saber se a conexão está com algum tipo de problema.

Se você se encontra nessa situação, fique tranquilo: agora, você vai aprender todos os termos de que precisa em relação ao speed test, para poder se assegurar de que a conexão está perfeita ou para ter os argumentos necessários para entrar em contato com a prestadora do serviço.

 

Diferenças entre Mbps e MBps

É bem comum que os usuários tomarem um susto quando veem esses valores pela primeira vez, já que podem ter uma conexão de 35 Mbps e aparecer uma velocidade de 4,35 MBps, por exemplo, mas isso é normal.

Isso acontece porque os planos de internet são vendidos com a velocidade em Mbps (megabits por segundo, com o “b” minúsculo), enquanto, dependendo  do teste de velocidade que você utilizar, verá o resultado em MB (megabytes por segundo, com o “B” maiúsculo).

A diferença é que 1 byte (B) equivale a 8 bits (b), por isso que os dados não batem. Portanto, para saber se a velocidade está certa ou não, basta pegar o valor apresentado e multiplicar por 8, ou pegar a velocidade da internet contratada e dividir por 8.

Felizmente, o teste de velocidade do site MinhaConexão mostra a velocidade em Mbps, da mesma forma que os planos contratados nos provedores.,Isso já facilita bastante essa tarefa, evitando confusões.

 

Como analisar um teste de velocidade de internet?

Logo que o teste de velocidade for iniciado, a ferramenta identificará qual é o IP do computador, celular, tablet ou dispositivo por meio do qual o teste está sendo feito. O IP funciona como se fosse o endereço da rede, e é usado para que se identifique qual servidor está mais próximo do usuário.

Depois que o usuário aguardar por um tempinho, até que o teste esteja concluído, ele terá acesso a três informações principais: velocidade de download, velocidade de upload e ping(ou latência).

 

Velocidade de download

Quando você quer baixar alguma coisa, seja um episódio de uma série, uma música no aplicativo preferido ou até mesmo carregar uma página da internet, o dispositivo precisa se conectar com o servidor para poder transferir os pacotes de dados e arquivos necessários.

Tudo isso será, então, descarregado em seu smartphone, tablet ou computador. Esse processo de descarregamento é conhecido como download, e a velocidade de download é o quão rápido isso acontece.

Se os números estiverem próximos ao contratado, então tá tudo bem (sempre existe uma margem de erro, é difícil que o valor seja exato). Senão, caso a velocidade medida esteja muito inferior à contratada, é importante se informar com a empresa que fornece a internet para saber o que está acontecendo.

 

Velocidade de upload

Ao contrário do download, o upload é a velocidade com a qual você “carrega” os arquivos no servidor, ou seja, o quão rápido você consegue enviar esses arquivos.

A velocidade de upload influencia ao fazer uma livestream (transmissão ao vivo, ou simplesmente live), subir um vídeo na plataforma do YouTube ou ao jogar online, para enviar seus comandos a todos que também estiverem no jogo.

É comum que a velocidade de upload seja mais baixa do que a de download, devido ao fato que a maioria das pessoas baixa mais dados do que sobe. Porém, se essa velocidade estiver baixa demais, vale fazer uma reclamação, pois ela irá influenciar na velocidade de navegação, uma vez que o upload também é utilizado no processo de solicitação de download dos dados e páginas.

Também não se esqueça da diferença entre Mb e MB: ela também vale nesses casos.

 

Ping (ou latência)

Geralmente, quem gosta de jogos online já conhece esse termo, que pode ser visto dentro dos jogos. O ping é a velocidade com a qual a conexão reage. Nesse caso, quanto menor for o ping, melhor.

Por exemplo, você pode ter uma internet com uma boa velocidade de upload, mas se o ping estiver muito alto, vai demorar para que essas informações sejam enviadas. A consequência disso são os “lags”, que são aquelas travadinhas no meio da partida que tanto incomodam.

Quanto mais longe estiver o servidor, maior tende a ser o ping. Por isso, se você estiver em algum jogo com servidores localizados em outros países, infelizmente pode presenciar uma latência bem alta e não há muito o que possa ser feito, mesmo com uma internet mais veloz.

 

Como fazer um speed test?

Agora que você já sabe como interpretar as informações, só falta o mais fácil: fazer o teste. Para isso, basta abrir a ferramenta de teste de velocidade da MinhaConexão e ela iniciará automaticamente o teste. Depois, basta analisar os dados.

Para fazer um teste de velocidade preciso e seguro, utilize a ferramenta disponibilizada pela MinhaConexão, que te informará de tudo aquilo que você precisa saber com bastante agilidade e eficiência.