Em um futuro muito próximo, praticamente todos os aparelhos e dispositivos estarão conectados e funcionando integrados à internet. São produtos como eletrodomésticos, sistemas de iluminação e até mesmo portas e janelas, que estarão interligadas em um único sistema.

Na verdade, quase todos esses aparelhos e dispositivos já podem ser interligados com a internet. Mas, será que o Brasil está realmente preparado para atender a uma demanda tão grande, como a da internet das coisas?

O Brasil é um país que tem uma qualidade de conexão muito ruim quando comparado aos outros países, além de ter um valor muito alto para o serviço, particularmente quando este é de alta qualidade.

 

O que o Governo Diz a Respeito

Mesmo não tendo as melhores das conexões, no Brasil já existe a internet das coisas. O governo estuda a possibilidade de avançar alguns passos em relação a esse tipo de conexão. A intenção é que a sociedade tenha acesso à internet das coisas de forma prática e rápida. Por isso, estão tentando estipular o investimento através de empresariado.

Um outro ponto que o governo brasileiro leva em consideração é que, com a implementação na internet das coisas, as pessoas irão perceber o quanto ela é benéfica e o quanto de conforto ela pode oferecer.

Implementar a internet das coisas na educação, saúde, segurança, energia e outras áreas como essas, são intenções que o governo tem para a internet das coisas no Brasil.

Quanto mais rápido for feita a implementação dessa conexão, maior será a possibilidade do Brasil alcançar um nível de competitividade global e automaticamente melhorar os benefícios que a tecnologia oferece para o país.

 

Benefícios Sociais que a Internet das Coisas Oferece

Essa é uma mudança e um investimento demorados para acontecer de forma que vejamos resultados. Porém, os benefícios que essa essa conexão vai trazer para todos é enorme.

Alguns exemplos de mudanças que irão acontecer é em relação aos estacionamentos. Com a internet das coisas, antes mesmo de entrar em algum estacionamento para saber se tem vagas ou não, o próprio sistema vai informar essa disponibilidade para você.

Se hospitais começarem a utilizar essa internet, será possível marcar consultas através dos resultados dos exames.

Além de todas essas praticidades, esse novo projeto vai disponibilizar muitas vagas de trabalho e oportunidades de novos negócios.

Uma boa notícia é que o governo já está estudando todo o processo para implementar essa tecnologia nos setores de manufatura, logística, saúde, agropecuária, educação e energia.

 

É Possível Utilizar a Internet das Coisas com Várias Redes

Quando dizemos várias redes, queremos dizer que é possível utilizar essa conexão em rede 2G, 3G, 4G e até 5G, claro. Porém, cada uma tem a sua característica e o seu valor. Além disso, obviamente, podem ser utilizadas as redes Wi-Fi e redes com cabos e fibras óticas.

A internet das coisas será instalada em cada local, de forma que atenda facilmente a todas as necessidades. Essa rede precisa ser totalmente segura e ter uma velocidade considerável.

Para saber muito mais informações a respeito do mundo da internet, é só acessar o blog da MinhaConexão. Lá é possível conhecer muitas outras curiosidades a respeito das redes e também fazer teste de velocidade através da ferramenta speed test.